De férias

Pela primeira vez na vida adulta, estou viajando de férias. Vim para Monte Verde/MG com a namorida, aproveitar a natureza, gastronomia, paz e silêncio.

Digo "primeira vez na vida adulta" mas se bobear é primeira vez desde sempre. As viagens para visitar familiares que fiz na infância e adolescência nem chegam a contar. Ir para um lugar especificamente para conhecer o lugar, para realmente turistar, é uma experiência nova pra mim.

Além de adulto, tô me sentindo também um tanto burguês. Tem coisa mais classe média que ser um turista? Talvez sonegar imposto de renda, sei lá.

Mas é um sentimento meio bobo. Se o proletário tudo produz, a ele tudo pertence. Uma semana de paz e tranquilidade numa cidade pacata depois de um ano de trabalho e economias não vai ferir minha consciência de classe.

Até breve.