Mega Man X6 (2001, PS)

Tempo de Jogo: 08h47m

Nota: C

É preciso fazer muitas concessões à Mega Man X6 para se gostar dele, mas há o que se gostar. Jogá-lo com o X padrão é um inferno; se a Falcon Armor, então, é sofrimento puro. No modo Xtreme, nem se fala...

Para aproveitar seu tempo com X6, duas condições têm que ser verdadeiras. Primeira, jogue no modo easy ou normal. Nem passe perto do modo Xtreme. O maior desafio dele não é não se estressar com o fato dele ser completamente desequilibrado.

Segunda, desbloqueie o Zero ou pegue a Blade Armor o mais rápido possível. Isso porque mesmo no modo normal parece que o jogo foi super mal projetado pro X — ou, pior, projetado só para te estressar. Por outro lado, Zero e X com a Blade Armor parecem cair como uma luva no jogo, me fazendo crer que os níveis foram projetados com esses dois em mente.

Seguindo essas condições, X6 se torna um jogo... Ok. Boa música, uns platformers bacanas, alguns chefes interessantes lá pro final. Como um todo é marginalmente melhor que X5.

Bem, avante com X7. Ele não pode ser tão ruim quanto dizem... Certo?